Trabalho Padronizado no futebol, pode isso Arnaldo?!

Com uma semana de bola rolando nos campos da Rússia, conseguimos observar a evolução das equipes e jogadores. São as ferramentas de melhoria que nos últimos anos invadiram também os campos mostrando seu resultado? Nesse artigo falamos do Trabalho Padronizado presente nas jogadas.


Não sou especialista em futebol, muito menos nas regras do jogo, mas Trabalho Padronizado no futebol pode sim Arnaldo!


O trabalho padronizado é uma ferramenta utilizada para combinar, da melhor maneira possível, o trabalho entre os colaboradores e os equipamentos em relação ao tempo takt (o ritmo em que os produtos devem ser produzidos para atender a demanda do cliente).


Tem como objetivo proporcionar a estabilização de um processo repetitivo, ser a base de conhecimento para os funcionários e alavancar a melhoria contínua.


Como dizia o Taiichi Ohno "Onde não há padrão, não pode haver melhoria".

Sendo assim, em um processo onde as atividades são padronizadas torna-se mais fácil enxergar os principais problemas que impedem o bom desempenho.

Três documentos básicos são utilizados na criação do trabalho padronizado:

  • Quadro de Capacidade do Processo, que é usado para confirmar a capacidade real da máquina e eliminar os gargalos;

  • Tabela de Combinação do Trabalho Padronizado, que mostra a combinação do tempo de trabalho manual, tempo de caminhada e tempo de processamento da máquina para cada operador em uma sequência de produção;

  • Diagrama de Trabalho Padronizado, que mostra a movimentação do operador e a localização do material com relação à máquina e ao layout do processo total. 


E como o futebol se encaixa nisso tudo?


No futebol a padronização se dá por meio do esquema tático, que é a forma como o treinador posiciona os jogadores no campo para extrair o melhor da equipe e alcançar o resultado desejado: o gol e a vitória!

O treinador padroniza os “processos” estruturais, de transição entre ataque e defesa, de organização defensiva, de transição defesa-ataque e de organização ofensiva.

Você consegue enxergar semelhanças entre o esquema tático abaixo e o diagrama de trabalho padronizado?


É certo que apenas tática não garante a vitória da equipe, mas especialistas concordam que a tática definida pelo treinador em certos momentos sobrepõe a qualidade técnica individual de cada jogador.


E é incrível como existe padronização ao longo do jogo e nem percebemos (lembra que não entendo nada de futebol?). Passei a observar durante as análises dos comentaristas (só desenhando...rs).  


O que posso concluir é que onde implantado, o Trabalho Padronizado contribui para aumentar a performance dos processos, pessoas e resultados.


Você concorda? Compartilhe sua opinião.



1 visualização
logo WhatsApp
Pernanbuco | Brasil